O poder da vitamina K2 na osteoporose pós menopausa

A osteoporose (OP) é um problema crescente de saúde global. Ela é caracterizada pela redução do osso trabecular, destruição da microestrutura óssea e aumento da fragilidade óssea, o que aumenta o risco de fraturas, especialmente em mulheres na pós-menopausa com mais de 55 anos e homens com mais de 65 anos.

Durante a menopausa, as mulheres sofrem uma queda drástica nos níveis de estrogênio, o que pode levar ao aumento da reabsorção óssea e ao desequilíbrio no metabolismo ósseo, resultando em osteoporose.

A osteocalcina (OC) é uma proteína essencial para o metabolismo ósseo, sintetizada e secretada pelos osteoblastos, as células responsáveis pelo fortalecimento dos ossos. Ela desempenha um papel importante na regulação do metabolismo do cálcio ósseo.

Para funcionar adequadamente, a OC precisa da ajuda da vitamina K. A vitamina K atua como um “cofator” que converte a OC inativa, conhecida como osteocalcina subcarboxilada (uc-OC), em uma forma ativa chamada osteocalcina carboxilada (cOC). A COc se liga à hidroxiapatita, promovendo a mineralização óssea e aumentando a resistência óssea. Quando a cOC é carboxilada, ela pode se ligar ao cálcio no osso, promovendo a formação de ossos fortes e resistentes.

A vitamina K é encontrada em duas formas principais: filoquinona (VK1) e menaquinona (VK2). Pesquisas recentes demonstraram que a suplementação com VK2 é eficaz na prevenção e no tratamento da osteoporose pós-menopausa. Descobriu-se que a VK2 mantém e melhora a densidade mineral óssea na coluna lombar e reduz os níveis séricos de uc-OC, o que promove a mineralização óssea e aumenta a resistência óssea. Além disso, sugeriu-se que o VK2 pode reduzir a incidência de fraturas, embora sejam necessários mais estudos prospectivos, multicêntricos e com grandes amostras para confirmar essa conclusão.

Recentemente, foi proposto que a VK2 pode ser particularmente benéfica quando combinada com outras medidas preventivas ou terapêuticas, como a vitamina D, o cálcio ou o alendronato.

Em resumo, a vitamina K2 desempenha um papel crucial na prevenção e no tratamento da osteoporose pós-menopausa, melhorando a mineralização óssea e aumentando a força óssea. Sua combinação com outras intervenções pode ser ainda mais benéfica no tratamento da saúde óssea. Os médicos ortomoleculares podem considerar a suplementação com VK2 como uma estratégia valiosa para melhorar a saúde óssea de seus pacientes. 

Referencias: Ma ML, Ma ZJ, He YL, Sun H, Yang B, Ruan BJ, Zhan WD, Li SX, Dong H, Wang YX. Efficacy of vitamin K2 in the prevention and treatment of postmenopausal osteoporosis: A systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. Front Public Health. 2022 Aug 11;10:979649. doi: 10.3389/fpubh.2022.979649. PMID: 36033779; PMCID: PMC9403798

Pós-graduações: (11) 98980-1238 Outros assuntos: (11) 94626-1560