O papel da vitamina D no alívio da fibromialgia: uma perspectiva ortomolecular

A fibromialgia é uma síndrome complexa de origem desconhecida, caracterizada por dor crônica generalizada, frequentemente associada à depressão, que amplifica a percepção da dor. Além disso, ela se manifesta com fadiga, sono não reparador e outros sintomas somáticos, como fraqueza muscular, dores de cabeça, dor/cãibras abdominais, dormência/formigamento, tontura e insônia.

Foi observado que baixos níveis sanguíneos de vitamina D podem exacerbar a gravidade dos sintomas da fibromialgia e da depressão em pacientes com fibromialgia.

Embora o tratamento da fibromialgia seja geralmente multimodal e inclua a educação do paciente, programas de condicionamento físico, farmacoterapia e psicoterapia adaptados aos sintomas individuais, infelizmente só perto do 25% dos pacientes relatam melhorias de longo prazo após o tratamento. Nesse sentido, a eficácia dos tratamentos farmacêuticos atuais para a fibromialgia é limitada.

Do ponto de vista da medicina ortomolecular, a suplementação de vitamina D tem mostrado resultados promissores no alívio da dor em pacientes com fibromialgia.

A vitamina D é um derivado esteroide essencial com propriedades neuroativas que desempenha um papel crucial na fisiologia do sistema nervoso central e periférico. A deficiência de vitamina D tem sido implicada no comportamento da dor e nas alterações subsequentes na atividade dos neurônios sensoriais na medula espinhal.

As doses de vitamina D usadas nos estudos variam de 50000 UI por semana, por um período de 8 a 12 semanas. Estudos de coorte prospectivos demonstraram que a suplementação de vitamina D melhora a função física, a função social e a saúde geral em pacientes com fibromialgia. Além disso, estudos controlados e randomizados demonstraram que a vitamina D reduz as pontuações do Índice de Impacto da Fibromialgia (FIQ) em pessoas com fibromialgia.

Em resumo, a vitamina D é apresentada como uma intervenção alternativa segura e bem tolerada para melhorar os resultados psicológicos e a qualidade de vida em pacientes com fibromialgia. Seu potencial para aliviar a dor e reduzir os sintomas dessa síndrome complexa oferece esperança para os profissionais de saúde que buscam maneiras eficazes de gerenciar a fibromialgia.

Referência: Yang CC, Tsai ST, Ting B, Cheng YC, Wang CK, Chang JP, Su KP. Psychological Outcomes and Quality of Life of Fibromyalgia Patients with Vitamin D Supplementation-A Meta-Analysis. J Clin Med. 2023 Apr 6;12(7):2750. doi: 10.3390/jcm12072750

Pós-graduações: (11) 98980-1238 Outros assuntos: (11) 94626-1560