Metabolismo de produtos naturais e o eixo microbiota-intestino-cérebro em doenças relacionadas à idade

As doenças relacionadas com a idade, em particular as doenças neurodegenerativas, são particularmente difíceis de tratar e a cura é provavelmente uma expectativa distante para muitas delas.

Deslocar a atenção de produtos farmacêuticos para fitoterápicos representa uma mudança de paradigma e novas abordagens para intervenção e gerenciamento de doenças relacionadas à idade e efeitos posteriores do envelhecimento.Embora tenham suas próprias patologias únicas, um crescente corpo de evidências sugere que a doença de Alzheimer (DA) e a demência vascular (VaD) compartilham patologia e características comuns. Além disso, os processos metabólicos normais contribuem para o envelhecimento prejudicial e doenças relacionadas à idade, como a DA.

Ginkgo biloba e seus extratos como medicamento e fitoterápico vêm ganhando apoio e consideração com o poder de resultados clinicamente significativos, baixo custo, baixas reações adversas e seu uso proeminente na medicina oriental há décadas.

O que pode ser concluído a partir dos ensaios clínicos discutidos nesta revisão é que a fisiopatologia da demência associada a vasos está entre as muitas etiologias da DA que fornecem vários alvos para tratamento.

O extrato de Ginkgo biloba é um suplemento dietético importante e popular, que tem um papel na prevenção de danos neurológicos e na melhora do aprimoramento da memória de pacientes que sofrem de DA ou DV.

Existe a possibilidade de melhorar a cognição, estabilizar e diminuir o declínio da função mental em pacientes com demência usando os Ginkgolides e os glicosídeos flavonóides.

No entanto, pouca exploração foi realizada no contexto da microbiota intestinal, também chamada de segundo cérebro e segundo genoma, dentro de nós. Como a microbiota modula os efeitos de produtos naturais e o perfil químico a jusante de constituintes derivados de bactérias é um aspecto subestimado e potencialmente transformador desses nutracêuticos ou fitocêuticos moduladores do cérebro.

Referência: Obrenovich M, Singh SK, Li Y, Perry G, Siddiqui B, Haq W, Reddy VP. Natural Product Co-Metabolism and the Microbiota-Gut-Brain Axis in Age-Related Diseases. Life (Basel). 2022 Dec 23;13(1):41. doi: 10.3390/life13010041. PMID: 36675988; PMCID: PMC9865576.

https://www.mdpi.com/2075-1729/13/1/41

Figura 1. Estrutura dos ginkgólidos A, B, C (diterpenos) e bilobalídeo (sesquiterpeno) e função dos compostos encontrados no extrato de G. biloba e EGb 761; proantocianidinas, quercetinas, cumarinas, glicosídeos flavonóides, ginkgolides A, B, CJ, isorhamnetins, bilobalide e derivados de rutina.

Pós-graduações: (11) 98980-1238 Outros assuntos: (11) 94626-1560