Ácido Fólico: Uma estratégia promissora para a prevenção e tratamento de condições pré-cancerosas gástricas

As condições gástricas pré-cancerosas estão diretamente ligadas ao câncer gástrico, sendo a gastrite atrófica crônica e a metaplasia intestinal consideradas lesões pré-cancerosas. Essas lesões, que podem evoluir para displasia e adenocarcinoma, apresentam ligação fisiológica com o hormônio gastrina, cujos níveis elevados, principalmente gastrina-17 (G-17) no soro, estão associados ao aparecimento de câncer gástrico.

Nesse contexto, a baixa presença de gastrina-17 (< 1 pmol) desencadeia secreção anormal de ácido clorídrico, afetando a absorção e digestão gástrica. A metilação anormal do DNA, decorrente deste desequilíbrio, acelera a deterioração da condição pré-cancerosa gástrica em direção ao câncer gástrico.

A travagem e reversão da gastrite atrófica crônica surge, a partir da prática ortomolecular, como uma estratégia fundamental na prevenção e tratamento do câncer gástrico. Nesse sentido, o ácido fólico, uma vitamina hidrossolúvel com funções cruciais na síntese e metilação do DNA, é postulado como um nutriente proeminente.

O ácido fólico, essencial para a estabilidade e reparação do DNA, demonstrou ser terapêutico em condições gástricas pré-cancerosas. Uma meta-análise recente revelou que doses sustentadas de 20 a 30 mg/d durante 3 a 6 meses têm efeitos notáveis nas alterações patológicas de condições gástricas pré-cancerosas. Especificamente, doses de 30 mg/d durante 3 meses apresentaram resultados mais significativos na melhoria da mucosa gástrica.

Além disso, a taxa de alívio dos sintomas de condições pré-cancerosas gástricas tratadas com ácido fólico foi de 32% (RR: 0,32; intervalo de confiança de 95%: 0,21–0,48), indicando eficácia notável. A análise também mostrou que o ácido fólico promove a alteração da atrofia da mucosa gástrica (RR: 1,61; IC 95%: 1,07 a 2,41) e reverte as alterações patológicas da metaplasia intestinal em 77%.% (RR: 1,77, IC 95%: 1,32 a 2,37).

Em resumo, a suplementação de ácido fólico surge como uma estratégia promissora para prevenir e reverter a progressão de condições pré-cancerosas gástricas, oferecendo evidências substanciais para a sua potencial aplicação clínica no tratamento de condições pré-cancerosas gástricas.

Referência: Lei J, Ren F, Li W, Guo X, Liu Q, Gao H, Pang Y, He Y, Guo J, Zeng J. Uso da suplementação de ácido fólico para interromper e até reverter a progressão de condições pré-cancerosas gástricas: uma meta-análise. BMC Gastroenterol. 2022 Aug 2;22(1):370. doi: 10.1186/s12876-022-02390-y. PMID: 35918654; PMCID: PMC9344768.

Pós-graduações: (11) 98980-1238 Outros assuntos: (11) 94626-1560